segunda-feira, 26 de março de 2018

sobrevivencialismo Urbano: Entrevistando uma fotógrafa ambientalista


Toda vez que se fala meio ambiente muitas pessoas não imaginam a responsabilidade que todos tem nessa questão. Desde o papel que jogamos no chão, aguas paradas no quintal entre outras coisas. Felizmente existem pessoas que ajudam na conscientização criando campanhas e divulgando a importância de divulgar a natureza. 

Hoje em nosso espaço temos o prazer de publicar a entrevista que fizemos com a artista fotográfica ambientalista Marcela Santos. Que além de ter criado uma campanha para conscientização ambiental, ainda está buscando a ajudar espécies em extinção em sua região Pereira Barreto. Onças, jacarés do papo amarelo, araras, antas, entre outras espécies.
 




Entrevistando uma Combatente Urbana de mão cheia




Tivemos a oportunidade de entrevistar a artista fotográfica ambientalista Marcela Santos, uma verdadeira combatente na luta pela preservação ambiental:

 Fotógrafa ambientalista Marcela Santos

MARS: Você é artista fotográfica  ambientalista, como é isso pra você? É muito difícil?

M.S. : É o momento que posso compartilhar com o mundo a nossa maior riqueza natural.

MARS: Que legal. Mas por que você começou esse tipo de trabalho?

M.S.: Eu amo o que faço, então queria mostrar para todos, a beleza que exista na natureza e a importância que tem a preservação da nossa fauna e flora.



MARS: Você iniciou a campanha de preservação do meio ambiente e as espécies, você acredita que é possível a conscientização do cidadão?



M.S.: Claro. Lógico que infelizmente nem todos tem esse prazer. Já que muitos  fazem pesca predatória, não respeitando a piracema e fazendo caça predatória.

MARS: Realmente, até por que é uma questão de educação, e entender conceitos éticos como cidadania. A sua cidade é abençoada com várias espécies não é verdade, tem muito turismo? 

M.S.: Sim, muito. Até mesmo por causa do campeonato de Pesca.



MARS: Por falar nisso, é muito perigoso a pessoa se empolgar e sem conhecimento querer entrar na mata e já começar a fazer trilha não é?

M.S.: Sim, é muito perigoso, não tem como saber o que encontrará na mata. Animais predadores, peçonhentos como cobra e etc, e até mesmo se perder.

MARS: Você falou que pretende começar uma exposição sobre as riquezas naturais, já que muitos brasileiros desconhecem as riquezas do próprio país.

M.S.:  Sim por que nem todos tem essa oportunidade, até mesmo pela falta de tempo.



MARS: Eu vejo que o seu trabalho fotográfico mostra bem a interligação das espécies e o equilíbrio ecológico.

M.S.:  Sim. Eu busco deixar claro a interdependência da fauna,  flora e o homem.

MARS: Essa exposição já esta para se iniciar né?

M.S.:  Sim. Estou me preparando pra isso.



MARS: Seu blog, além dos seu trabalho fotográfico tem dicas sobre meio ambiente, não é?

M.S.:  Tem muitas. Para auxiliar as pessoas a conhecerem e preservarem o meio ambiente.

MARS: Quer dar algum recado as pessoas que estão lendo a nossa entrevista?

M.S.:  Sim. Ajudem a preservar esse tesouro tão rico que temos e nos cerca, não devemos pensar só em nós mas nas pessoas que virão para que elas ainda possam admirar essas riquezas.



MARS: É difícil ser fotografa ambientalista?

M.S.:  Não é fácil. Mas vale muito a pena, pois é um momento mágico entre você e a natureza.

MARS: Muito obrigado pela participação em nosso blog e o seu trabalho.

M.S.: Obrigada você pela oportunidade. 


Se quiser conhecer ou ajudar no trabalho de preservação ambiental  da artista fotográfica Marcela Santos acesse o Blog Linda Biosfera no link:








Dúvidas? sugestões? Deixem nos comentários. Se gostaram deem um curtir e compartilhem. E não esqueçam de clicar em um dos anúncios para nos ajudar a continuarmos com nosso trabalho. Muito obrigado.
 

Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

 

Colaboração:

Dr. David S.

 







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...