sexta-feira, 25 de maio de 2018

Predadores Urbanos: A mente reptiliana e a Tríade negra


Em nossas postagens sempre falamos sobre os predadores urbanos e seus cérebros reptilianos (instintivos). Nesta postagem vamos ir  um pouco mais fundo, vamos conhecer a Tríade negra que compõe a personalidade  predatória dos piores dos piores. Para entender como funcionam as suas mentes,  por que tem tanta confiança e poder, e conseguem tantas façanhas em relação ao resto do rebanho. 

A personalidade amoral dos psicopatas, baseada em saciar dos instintos mais primitivos relacionados com a  força, poder, e prazer, nada mais é do que um conjunto de traços de personalidades predatórias. Capazes de fazer e ousar o impensável ao grande rebanho incauto, e estão sempre a frente até mesmo administrando empresas, igrejas e altos cargos públicos. Então hoje vamos conhecer melhor a forma desses seres pensarem e agirem.



O que é a tríade das trevas?


Sabemos que a mente de psicopatas usa principalmente o cérebro reptiliano, instintivo, usando a sua capacidade cognitiva para satisfazer o seus desejos primitivos custe o que custar, que como mencionado acima se referem a poder, a prazer. Mas em relação as suas personalidade como ela é formada? Segundo a teoria da  Tríade Negra, a personalidade dos psicopata são formadas por   três traços negativos de personalidade se ressaltam de forma  relacionadas e similares. Estes traços são narcisismo, maquiavelismo e psicopatia. A pesquisa sobre a tríade das trevas é usada na psicologia aplicada, especialmente nos campos da aplicação da lei, psicologia clínica e gestão de negócios. Tê-los torna uma pessoa difícil de gerir, embora os portadores desta personalidade predatória relacionada à emotividade negativa, e estilos interpessoais antagônicos.
A  teoria evolutiva expõe que houve  desenvolvimento de tríades negras. De fato, descobriu-se que os indivíduos que demonstram a personalidade da tríade negra podem ser altamente bem sucedidos na sociedade. No entanto, esse sucesso é tipicamente de curta duração.  Em seu livro de 2013, Políticas de escritório: Como prosperar em um mundo de mentiras, apunhaladas e truques sujos, o psicólogo Oliver James declara que as tendências da tríade negra podem dar a alguém uma vantagem nefasta no local de trabalho, em termos de carreira e progressão. Ser "triádico", pode ajudar as pessoas a intimidar ou manipular seu caminho até o topo de uma organização, devido a introversão e a desinibição, as tríades sombrias  se mostraram razoavelmente bem representadas nos gerentes e CEOs de nível superior.

Gordon Gecko, ganancioso, no filme Wall Street.


Patrick Fagan, professor assistente de comportamento do consumidor na Goldsmiths, Universidade de Londres, no Reino Unido, também sugere que os traços sombrios podem ajudar os indivíduos a "progredirem", mesmo que não "se deem bem". A alta autoestima dos narcisistas pode dar-lhes um alto desejo de liderança, as pessoas psicopatas tendem a se concentrar na conquista sem estarem muito preocupados com o efeito que sua ambição pode ter sobre os outros.

Claramente, esses traços colocam os desejos de um indivíduo o "lado negro" acima das necessidades da organização, das pessoas que a compõem e daquilo a que serve, e isso pode destruir boas organizações, especialmente se essa pessoa estiver em um papel de liderança. Assim, os gerentes de todos os níveis precisam ficar de olho nos comportamentos da Tríade Negra, proteger-se deles e lidar com eles vigorosamente. (Quando apropriado, isso pode envolver a remoção de pessoas que mostram esses comportamentos da organização.)


A diferença de grupo mais pronunciada está no gênero: numerosos estudos mostraram que os homens tendem a pontuar mais do que as mulheres em narcisismo, maquiavelismo, e psicopatia, embora a magnitude da diferença varie entre as características e os instrumentos de medição utilizados. Em comparação com fatores biológicos, a influência de fatores ambientais parece ser mais sutil e é responsável por menos, ainda que significativa, variação nas diferenças individuais relacionadas ao desenvolvimento de traços de tríade escuros. E ainda, vários estudos acadêmicos descobriram evidências de que pessoas com personalidades da tríade negra são consideradas levemente mais bonitas do que a média à primeira vista, já que o seu narcisismo os fazem cuidar de sua aparência de maneira impecável.  Os especialistas sugerem que eles confiam em sua aparência para conseguir o que querem. Para um estudo, os pesquisadores disseram a 200 estudantes da Universidade do Canadá para negociar ingressos para shows, com o objetivo de ganhar o máximo de dinheiro possível. Aqueles que tinham traços da Tríade Negra tiveram mais sucesso nas negociações face a face.


Assim, Oliver James identificou cada um dos três traços escuros de personalidade triádica como sendo tipicamente predominantes no local de trabalho. Especificamente, o maquiavelismo esta relacionado com o uso do encanto excessivo na manipulação, o narcisismo está relacionado com o uso da aparência física, e a psicopatia com ameaças físicas. Jonason e seus colegas também descobriram que os traços escuros da tríade mediavam completamente a relação entre gênero e manipulação no local de trabalho.  Agora vejamos cada um dos traços desse predador urbano:
   


a. Narcisismo


O primeiro grande traço marcante é o narcisismo. Este termo surgiu por causa do mito grego de Narciso, um jovem que se apaixonou por seu reflexo depois de olhar para si mesmo em um lago, e se afogou. As pessoas narcisistas podem ser egoístas, prepotentes, arrogantes, sem empatia e hipersensíveis às críticas. 

Consequentemente, o narcisismo tornou-se sinônimo de amor-próprio insalubre. Os narcisistas não têm escrúpulos em manipular os outros para o seu ganho, e  também atacam a autoestima das outras pessoas. O que é digno de nota é que as pessoas no geral são narcisistas em diferentes graus.

b. Maquiavelismo


Nicolau Maquiavel, diplomata italiano do século XVI, recebe o crédito pelo termo "maquiavelismo". Isso aconteceu porque os críticos achavam que seu livro "O Príncipe" tolerava astúcia, engano e interesse próprio. Portanto, pessoas com tais características levam  não têm moral ou empatia e são extremamente manipuladoras.

c. Psicopatia

 
Aqueles com traços psicopatas não têm sentimentos de empatia, não têm remorso,  mostram comportamentos antissociais. Muitos deles são explosivos e controladores. Embora aqueles com qualidades psicopáticas sejam imprevisíveis, eles não são necessariamente criminosos. Um estudo mostra que os traços da Tríade Negra não são hereditários, mas devido a fatores ambientais, relacionamentos. Aqueles que têm a Tríade Negra tendem a mostrar comportamentos que combinam o pior dos três mundos. Eles têm muitos relacionamentos, muitas vezes traem seus parceiros e aliados, e  também são agressivos.





Como lidar com pessoas com traços da tríade negra?


O primeiro passo para lidar com alguém que tem a Tríade Negra é reconhecer seus sinais. Por serem complexos, os psicólogos ainda estão pesquisando como identifica-los, costumavam medir cada traço do perfil separadamente, mas agora existe uma maneira mais fácil de identificá-los. The Dirty Dozen Scale, criado pelos professores de psicologia Dr. Peter Jonason e Gregory Webster, mostra se uma pessoa tem a Tríade Negra:

  • - Eu manipulo os outros?
  • - Eu minto para os outros?
  • - Eu lisonjeio os outros?
  • - Eu uso outros para o meu ganho?
  • - Eu não tenho remorso?
  • - Não estou preocupado com a moralidade das minhas ações?
  • - Eu sou mau e insensível?
  • - Eu sou uma pessoa cínica?
  • - Eu preciso da admiração dos outros?
  • - Eu anseio por atenção?
  • - Eu quero favores dos outros?
  • - Eu procuro status e prestígio?

Depois de responder às perguntas, os psicólogos classificariam uma pessoa com uma pontuação de 12 a 84. Portanto, quanto maior a pontuação, maior a possibilidade de se ter a Tríade Negra. Mas como escapar das garras de uma pessoa Tríadica? Não há maneira fácil de fazer isso. No entanto, existem passos que você pode tomar para reduzir sua negatividade:

Não leve para o lado pessoal: pessoas com essas qualidades têm dificuldade em controlar sua raiva. Aqueles com traços psicopáticos, por exemplo, são mal-humorados. No trabalho, sua raiva pode se manifestar em comportamentos passivo-agressivos, como ignorar as pessoas ou aborrecer-se. É importante não tomar o comportamento como pessoal, porque na maioria das vezes não é sobre você. Um membro da equipe com traços psicopáticos pode ser propenso a raiva e agressão, e você deve desarmar essas situações rapidamente. Muitas vezes, os sinais de raiva normal são fáceis de detectar, por exemplo, uma voz levantada, um rosto vermelho e suando. Mas algumas pessoas tentam suprimir sua raiva, que pode se mostrar em "agressividade passiva".


Confronte-o: Reserve algum tempo para ouvir suas preocupações e aconselhá-lo sobre seu comportamento. Fique firme, se eles for valentão confronte-os e responsabilize-os. 

Evite contato: Outra maneira de lidar com esses personagens é evitar contato sempre que possível. Use e-mails se você precisar entrar em contato com eles. Distancie-se emocionalmente do comportamento dele.

Tolerância zero com bullying: Às vezes a raiva pode se transformar em bullying, isso pode incluir abuso verbal ou comportamento ameaçador, e incluir críticas desnecessárias, menosprezar alguém, ou disseminar rumores maliciosos. Se você identificar o bullying em sua equipe, é tão importante apoiar a vítima quanto enfrentar o agressor e responsabilizá-lo.




Na escala da maldade quem é você?



Níveis de maldade: psiquiatra diz que há 22. Teste responde qual deles é o seu Sem nenhum objetivo de te diagnosticar como um doente de maldade, psicopata ou cordeirinho inocente, aplicamos o conceito de níveis de maldade do Dr. Stone no teste abaixo. Veja qual índice corresponde a você e depois nos conte se concorda ou não com o resultado.
 


https://www.vix.com/pt/comportamento/543208/existem-22-niveis-de-maldade-diz-psiquiatra-teste-responde-qual-deles-e-o-seu




Obras Indicadas:



























Conclusão


Como vimos os traços da tríade negra que compõem o cérebro instintivo (reptiliano) criam verdadeiros psicopatas funcionais em nosso meio social, podendo até mesmo ocupar grandes cargos. Mas o importante é saber como identifica-los, confronta-los ou evita-los, até por que assim como sua personalidade é responsável pelo seus sucessos também ocasionam as sua quedas. Aprenda a identificar o inimigo e reconhecer se existe algum deles no meio do seu grupo, apesar de se apresentarem muitas vezes amáveis a médio e longo prazo com certeza terá surpresas bem desagradáveis. E você, já conheceu alguém com esse traço de personalidade?

Dúvidas? sugestões? Deixem nos comentários. Se gostaram deem um curtir e compartilhem. E não esqueçam de clicar em um dos anúncios para nos ajudar a continuarmos com nosso trabalho. Muito obrigado.

  

E não esqueça de  visitar nossa biblioteca sobrevivencialista virtual, clicando na imagem abaixo: 


http://centrodeestudomars.blogspot.com.br/p/biblioteca.html


Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

  

Colaboração:

 Dr. David S. 

 

Conheça Também:

Conheça nosso Canal no Youtube:

Conheça nosso canal do Facebook:

 

Trailer do Canal:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...