sábado, 2 de junho de 2018

Sobrevivencialismo urbano: Cuidados com os perigos para os Pets nas festas juninas


Festas juninas. Coisas como comidas tradicionais, fogueira, fogos, quadrilha, e muita brincadeira fazem parte dessas festas. Como preparadores urbanos não podemos esquecer de proteger nossos amigos, os Pets. Afinal muitos acidentes podem acontecer se não tomarmos precaução para protege-los. Desde os fogos de artifícios devido a sua grande capacidade auditiva pede gerar perda de audição, fuga devido o medo, estresse, e até outros problemas como intoxicação alimentar, queimaduras na fogueira, dentre muitos outros.  

Nessa postagem daremos   dicas para minimizar o stress de seu pet, e evitar possíveis perigos.





Dicas para  ajudar o seu Pet?


Os pets tem uma audição bastante superior a humana, um cão consegue ouvir um som quatro vezes mais longe do que uma pessoa. Eles também detectam sons maiores e menores frequências do que a gente. Já a audição nos gatos é sensível à altas frequências. Enquanto o ser humano pode perceber sons de até 20.000 Hz, os gatos poderão percebê-los até 50.000 Hz.

Nesta época que aumenta o índice de atendimento de animais em emergência, principalmente por causa de fugas, em razão do barulho da queima de fogos, e por ingestão de alimentos diferentes da ração e da rotina do pet.
Devido ao barulho, a audição dos cães fica hipersensível, sendo comum que eles acabem fugindo de casa. Portanto, é importante que as portas e janelas se mantenham fechadas;

Para acalmar o pet é sempre importante que, durante os fogos, mantê-lo dentro de casa, ou em um local que ele se sinta seguro com iluminação suave e de preferência com a presença do dono;

Caso o seu pet vá para debaixo da cama durante a queima dos fogos de artifício, não deve tentar retirá-lo, pois isso vai propiciar o aumento do estresse e o medo. É importante esperar e respeitar o tempo dele. Mantenha o pet em local seguro e confortável sempre para evitar o pior;

Não prenda o pet em coleiras ou quartos sozinhos. É importante evitar ferimentos, ou até mesmo enforcamento, já que o animal ficará muito assustado com os fogos de artifício, abafe o barulho;


No caso dos gatos, já que eles adoram uma caixa de papelão, elas podem ser ideais para virarem o seu esconderijo preferido;


Alguns veterinários aconselham o uso de tampões de algodão nos ouvidos que podem ser colocados em situações de muito barulho;



As enfermidades mais frequentes são as intoxicações alimentares, gastroenterites, pancreatites e acidentes secundários pela fuga, como atropelamentos e quedas;


Outra opção interessante é colocar uma roupinha mais justa no animal, ou mesmo passar uma faixa mais larga pelo dorso. “O objetivo desse truque é o de estimular a sensação de segurança, justamente por estar com a roupinha ou pano de forma mais apertada junto ao corpo;

Ter cuidado ao comer perto do pet e não deixá-lo sozinho onde tem alimentos da festa junina também são pontos importantes. Existem vários alimentos nocivos aos animais durante este período. Entre eles podemos destacar o chocolate, que contém a teobromina, bastante tóxica aos pets; a uva, que mesmo em pequena quantidade pode ocasionar insuficiência renal; o amendoim, responsável pelas alergias, intoxicações e pancreatites; além da cebola e o alho, precursores de anemia grave;

É muito importante seguir a rotina do pet e a dieta adequada, mesmo em épocas de festas;


Se for levar seu peludo para se divertir com você, melhor ficar de olho, pois a festa pode apresentar alguns perigos para eles. Fique de olho nas dicas para se divertir com segurança.


Não dê comidas típicas ao seu peludo, as comidas tão deliciosas aos nossos olhos, podem trazer riscos para os animais. O teor de gordura e de carboidratos presente nas receitas sobrecarregam o sistema digestivo dos pets, podendo causar vômitos e diarreias.

Alimente seu pet antes de sair de casa, o ideal é não oferecer nenhum alimento que não faça parte da rotina do animal. Saia de casa com o pet já alimentado e leve apenas um potinho com água;

Cuidado para que seu animal não se enrosque na decoração Bandeirinhas, balões e artesanatos em palha desenham o clima da festa, mas é preciso ficar atento para que o pet não se enrosque nas decorações. Para evitar que o cão devore um chapéu de palha ou um palito de maçã do amor, use a coleira e preste atenção, novamente, às coisas caídas no chão;

A espiga de milho, por exemplo, pode parecer inofensiva, mas é totalmente perigosa para o organismo do cachorro. Sua ingestão pode obstruir o intestino e causar sérios danos à saúde do animal;


O calor da fogueira pode prejudicar seu cão, outra precaução que o dono deve ter em uma Festa Junina é com as fogueiras. O calor do fogo pode prejudicar a respiração do cão ou, até mesmo, queimá-lo, caso ele não esteja devidamente preso. A fim de evitar acidentes, prefira as quermesses realizadas com fogueiras de mentirinha para passear com seu cão;

Cuide para que seu pet não seja pisoteado, tem pescaria, corrida do saco, correio elegante e a tradicional quadrilha. Os pets não participam dessas brincadeiras, mas vale ficar de olho no bicho para que ele não entre no meio da quadrilha e corra o risco de ser pisoteado;


Use plaquinha de identificação, no caso dos felinos, o cuidado é redobrado. Gatos tem mais facilidade de fugir do que cachorros, ainda que também estejam presos dentro da residência. Então, procure fazer uma coleira com plaquinha de identificação que contenha o nome do animal e do dono, além de dois telefones atualizados;

Roupa  para proteger do frio, junho é o mês que inicia o inverno e em grande parte do Brasil o frio chega com vontade. Geralmente em locais abertos, as festas juninas pedem uma roupa mais quente e para o pet não é diferente. Se ele for ficar exposto ao tempo, vale investir numa roupinha mais quentinha para que ele participe da festa com conforto.



OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: 




Tenha a mão  telefone e endereço  de uma clinica veterinária 24 horas, em caso de acidentes leve seu Pet urgente para ser socorrido.






Obras indicadas:




Conclusão


Como vimos cuidados com os Pets são imprescindíveis nessa época do ano. Tanto dentro de casa quanto em ambientes festivos se decidimos leva-los, devemos observar todos os cuidados para que não acabem feridos. Desde queimaduras até perda de audição. E não esqueça de ter sempre ao seu alcance o telefone  e o endereço de uma clinica veterinária 24 horas, esteja sempre preparado. Até a próxima.


Dúvidas? sugestões? Deixem nos comentários. Se gostaram deem um curtir e compartilhem. E não esqueçam de clicar em um dos anúncios para nos ajudar a continuarmos com nosso trabalho. Muito obrigado.

  

E não esqueça de  visitar nossa biblioteca sobrevivencialista virtual, clicando na imagem abaixo: 


http://centrodeestudomars.blogspot.com.br/p/biblioteca.html


Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

  

Colaboração:

 Dr. David S. 

 

Conheça Também:

Conheça nosso Canal no Youtube:

Conheça nosso canal do Facebook:

 

Trailer do Canal:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...