quinta-feira, 7 de junho de 2018

Sobrevivencialismo Urbano: O Brasil está em Guerra


Brasil, com 60.000 homicídios por ano, 83 facções criminosas espalhadas por todo país. Estamos vivendo em estado de Guerra. A violência no Brasil mata mais que a guerra na Síria. Entre 2011 e 2015, o Brasil teve um total de 278.839 assassinatos. Só no ano passado, uma pessoa foi morta a cada nove minutos no país, ou seja, nesses cinco anos, na Síria, entre março de 2011 e novembro de 2015, a guerra causou 256.124 mortes, segundo estimativa da Agência da Organização das Nações Unidas para os Refugiados. E como se não bastasse os nossos combatentes, os policias, estão sendo mortos a todo momento e os que estão na ativa encontra ataques vindo de Ongs , associações ligados a direitos humanos, a mídia, e sem qualquer  apoio dos três poderes, que se encontram em quase falência devido a corrupção política que assola nosso país.



Veja essas cenas do vídeos  abaixo e veja contra o que estamos lutando:











Situação quase irreversível

 
Se você viu os vídeos acima, e acompanha o que está acontecendo com a segurança pública em nosso país, você com certeza deve estar preocupado com essa infecção que se espalha em toda a nação e vai acabar atingido algum ente querido seu. Só esse ano vimos várias situações de ataques massivos em todo país: Espírito Santo, Amazonas, Minas Gerais, e agora o Rio de Janeiro, e agora Minas Gerais. Desde domingo,  chega a 60 o número de ônibus incendiados em Minas:

    Alfenas - 3 ônibus queimados;

    Brazópolis - tiros contra viatura da polícia;

    Cambuí - coquetel molotov jogado dentro de agência bancária;

    Cruzília - Tiros contra a delegacia;

    Guaxupé - 6 ônibus queimados na garagem de empresa;

    Itajubá - 2 ônibus queimados e 1 tentativa em outro ônibus;

    Lavras - ataque a base da PM;

    Machado - 1 ônibus queimado;

    Monte Santo de Minas - 2 ônibus queimados na garagem da prefeitura;

    Passos - 3 ônibus, 1 viatura da polícia e uma caminhonete queimados. Tiros contra o presídio e bases da polícia. Pedra com fogo na Câmara Municipal. Ataque contra um caminhão de lixo e uma van dos Correios;

    Poços de Caldas - Galpões de empresa e 2 ônibus queimados;

    Pouso Alegre - 3 ônibus queimados;

    Santa Rita do Sapucaí - caminhão da Copasa queimado;

    São Bento Abade - três ônibus escolares queimados;

    São Lourenço - Casa de um policial militar foi alvo de tiros; tentativa de queimar um ônibus;

    Três Corações - Tentativa de queimar um ônibus;

    Três Pontas - Fogo no carro de agente penitenciário;

    Varginha - 1 viatura do Sistema Prisional e 1 ônibus queimados

    E vários outros ônibus em outras áreas, nessa quinta feira.
 




 Veja as imagens abaixo:














Cenário de Guerra





































 






Nossos Heróis de mãos atadas


Os policiais, mortos covardemente em seus horários de folga, são profissionais corajosos e altamente capacitados,  mas estão de mãos atadas para realmente agir de forma definitiva no confronto contra os traficantes. Grupos de direitos humanos e anistia internacional, a mídia, e ainda os três poderes  altamente infectado, caçam os policiais. Na imagem abaixo vemos o exército, agindo ostensivamente, porém assim como os policiais correm o risco de serem severamente punidos se responderem ao inimigo a mesma altura.

O exército foi convocado como se a polícia não tivesse capacidade de resolver, o que não é verdade. O problema é a falta de  legislação ineficaz onde não uma real punibilidade, baixos salários, e principalmente apoio governo, e não ser punido por agir de forma pesada aos criminosos. O exército também capacitado para a guerra, esbarrou nos mesmos problemas encontrados pela polícia a hipocrisia de um povo que não quer ser salvo, que abraçou a contra cultura, e vê as forças de segurança de maneira preconceituosa e os traficantes como benfeitores locais.






E agora?


A curto prazo, intervenção militar, e poder a polícia e ao exército para responder ao fogo inimigo eliminando o problema para proteger a população, a médio prazo alterações radicais na legislação, nosso código penal é de 1941. A longo prazo reforma total na estrutura de base do país: educação, investimento no grande, média e pequeno empresário e agropecuarista para geração de empregos e circulação de capital. E desenvolvermos em nossos filhos uma cultura  de viver em coletividade de maneira moral seguindo os princípios cívicos. E banirmos a contra cultura de nosso meio social.



Conclusão


O país se encontra em uma situação quase irreversível onde a crise política e  a crise na segurança pública chegaram a um grau absurdo, que ameaça corroer o restante da estrutura institucional. Os três poderes se encontram comprometidos e a forças de segurança se encontram de mãos atadas pois além dos perigos nas ruas, eles também encontram inimigos dentro de instituições legalizadas como os direitos humanos, nos três poderes por meio de leis cada vez mais absurdas que visam favorecer os criminosos, que são tratados como excluídos sociais, vitimas de uma cultura racista e opressoras. Como se não bastasse ainda são repudiados por grande parte da população que alienada dentro de um sistema de contra cultura os veem como uma figura autoritária fascista.

A única chance que temos é o mais rápido possível tentarmos nos manifestar contra a situação da nossa política e segurança publica, exigirmos a intervenção militar, e escolher nossos próximos representantes políticos de forma consciente, pois as poucas colunas que ainda mantém nosso país de pé não aguentarão para sempre.

                                                          
Dúvidas? sugestões? Deixem nos comentários. Se gostaram deem um curtir e compartilhem. E não esqueçam de clicar em um dos anúncios para nos ajudar a continuarmos com nosso trabalho. Muito obrigado.

  

E não esqueça de  visitar nossa biblioteca sobrevivencialista virtual, clicando na imagem abaixo: 


http://centrodeestudomars.blogspot.com.br/p/biblioteca.html


Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

  

Colaboração:

 Dr. David S. 

 

Conheça Também:

Conheça nosso Canal no Youtube:

Conheça nosso canal do Facebook:

 

Trailer do Canal: 

 

 

2 comentários:

  1. Ótimo texto!
    Organizações que defendem esses tipos de criminosos certamente tem alguma ligação com eles ou vivem em um bairro de classe alta e tem condições de ter seguranças armados 24h/D. Nós, que fazemos parte da sociedade de bem sabemos o quanto a polícia é necessária e que sem eles o Brasil estaria em meio a uma guerra declarada. As polícias são os aparelhos respiratórios que não deixam o Brasil morrer. Eu declaro todo meu apoio aos policiais e um dia conseguirei fazer parte deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu MRE! Seria bom se mais pessoas pensassem como você. Um abraço. Obrigado por acompanhar.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...