segunda-feira, 9 de julho de 2018

Predadores Turísticos: Cuidado em suas viagens

 
Em época de férias nada melhor do que  viajar conhecer lugares, pessoas e culturas diferentes, baixar a guarda para as exigências do cotidiano, ficando longe de preocupações. Porém, seja no Brasil ou qualquer parte do mundo, o turista tem que tomar alguns cuidados pois existem muitos predadores a espera dos visitantes incautos. Golpes, roubos, e até mesmo sequestros, são perigos que reais para aqueles que estão visitando um novo local para se descontrair. 

Na postagem de hoje vamos falar dos principais perigos e cuidados que devem tomar ao viajar.




Evitando Predadores
Além dos cuidados básicos que devem ser tomados antes da viagem, como checar local de hospedagem, transportes, rotas turísticas, etc, outras preocupações são importantes quando for a hora de dar um passeio. Como dito acima,  sempre há aqueles mal intencionados que tentam tirar  proveito, desde assaltos à mão armada, troca de dinheiro falso, e várias outras formas .Veja abaixo algumas dicas para evitar problemas:

Não pareça turista: Tente não parecer turista, procure agir com naturalidade e se afeiçoar aos nativos. Conseguindo se confundir entre os habitantes do local, conseguirá não chamar a atenção dos aproveitadores e passará tranquilamente como mais um.

Cuidado com as caminhadas: Em caso de caminhadas a pé, certifique-se antes sobre o caminho a seguir. Não vá sair de casa para passeios sem destino, apenas seguindo ao léu e olhando céu, sem dar ao menos uma consultada nas redondezas antes;

Evite dinheiro vivo: Evite carregar dinheiro vivo na carteira, optando sempre por cartões de crédito ou débito. Evita, além de problemas maiores em casos de assalto ou furto, a possibilidade de receber como troco dinheiro falso. Caso precise realizar algum saque, opte por caixas eletrônicos em locais mais agitados, como shoppings centers ou postos de gasolina;

Cuidado com objetos de valor: Não se distraia com objetos de valor, como câmeras, celulares, tablets, etc. Deixar o celular em cima da mesa, bater muitas fotos num mesmo ponto, mexer no notebook ou tablet constantemente em lugares públicos, é algo que chama bastante a atenção, atraindo os aproveitadores;

Evite relógios e joias: Evite ostentar objetos como relógios caros e joias. Olhe a hora no celular ou pergunte a um transeunte. Já anéis, correntes, pulseiras valiosas devem ser evitados ao máximo;

Utilize somente táxis legalizados: Só ande sempre em táxis devidamente credenciados. Nada de aceitar caronas de pessoas que pareçam “simpáticas” demais, nem de táxis que atuam na clandestinidade;

Cuidado com as informações: Não peça informações a qualquer um. Escolha para isso lugares adequados, como pontos de atendimento ao turista ou, na ausência destes, estabelecimentos comerciais;

Prefira andar em grupo: Se possível, opte sempre por andar em grupo. Caso não seja possível, evite ao máximo andar em locais pouco movimentados. Isso inclui principalmente caminhadas noturnas, nas quais a circulação de pessoas nas ruas costuma ser menor.


Principais golpes contra turistas:




Conheça alguns dos principais golpes aplicados em turistas no Brasil e em outros países:

Falso policial: Geralmente, se aproximam, pedem seus documentos, e apontam irregularidades que não existem, ou então lhe acusam de um crime que você não cometeu para cobrar, na hora, uma multa bastante alta. Caso isso aconteça, cheque a identificação do policial, e contate a verdadeira polícia se tiver dúvidas.

Golpe em bar: Pois saiba que você poderá ser alvo do golpe do bar. O viajante é abordado por moradoras locais que o convidam para ir a um desses estabelecimentos. Depois de alguns drinques elas vão embora o deixando com a conta para pagar.

Falso presente: Alguém lhe oferece algo dizendo que é de graça, depois, exige que você pague. Então afaste-se se alguém assim se aproximar querendo te dar presentes.

Trombada:  Trombada  no meio da rua, ônibus e metrô lotado. Nessa hora a sua carteira, celular e outros objetos também podem ter sido furtados.

Golpe da fotografia: Encontrar pessoas fantasiadas pela rua oferecendo-se para tirar foto também merece cuidado. Antes de posar, pergunte quanto é. Dificilmente vai sair de graça, então é melhor ficar esperto para não ter que depois desembolsar uma alta quantia. E ainda nesse tipo de golpe  pode haver um comparsa que tira a fotografia, e depois não devolve a sua câmera.

Golpe da pulseira: Alguém se aproxima falando sobre as atrações turísticas e, de repente, amarra este adorno em seu braço. Se você se recusa a pagar, o golpista começa a gritar que você está roubando a pulseira.

Preços baixos: Cuidado ainda com desconhecidos que se oferecem para lhe levar a lojas onde os preços são bons demais para ser verdade. Os produtos podem ser falsos, e lá se vai seu precioso dinheiro em algo que não vale nada.

Vendedores: Cuidado com pessoas que vendem mapas e oferecem outros serviços que na verdade são gratuitos;

Falsos guias turísticos: Podem ser criminosos querendo te levar para um lugar ermo com comparsas esperando para roubar, estuprar e na maioria dos casos matar.

Cuidado com taxistas: Os golpes mais comuns, além de cobrar mais pela tarifa, é dizer que o hotel, o restaurante ou bar escolhido pelo turista está fechado, mas que ele conhece outro melhor logo ali. Assim, utilize-se somente de táxis credenciados, se possível combine um valor prévio, e antes de ir a qualquer lugar certifique-se de que o mesmo está aberto.



Obras indicadas:


Filmes:






Conclusão


Como vimos acima, a época de férias é ótima para viajar e descontrair dos problemas dos dia a dia. Mas o sobrevivencialista e combatente urbano deve ficar atento para não se tornar mais uma vítima. São vários os tipos de predadores focados em atacar turistas, desde golpistas, ladrões  e até sequestradores, tome os devido cuidados e sempre utilize de serviços junto a agências e profissionais credenciados. 

Não Esqueça: sempre se divirta com sua família de forma consciente, e esteja sempre preparado.




Dúvidas? sugestões? Deixem nos comentários. Se gostaram deem um curtir e compartilhem. E não esqueçam de clicar em um dos anúncios para nos ajudar a continuarmos com nosso trabalho. Muito obrigado.

  

E não esqueça de  visitar nossa biblioteca sobrevivencialista virtual, clicando na imagem abaixo: 


http://centrodeestudomars.blogspot.com.br/p/biblioteca.html


Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

  

Colaboração:

 Dr. David S. 

 

Conheça Também:

Conheça nosso Canal no Youtube:

Conheça nossa página no Facebook:

 

 

Trailer do Canal:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...