segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Determinação combativa: Qual arte marcial me transformará em um combatente urbano?


A resposta em relação a pergunta do título dessa matéria é nenhuma. Infelizmente é comum ver muita discussão e agressão verbal em fóruns sobre a melhor arte marcial. Cada um fala sobre a sua como se fosse algo mágico, ou algum produto que se escolhe numa prateleira que depois de consumir terá todos benefícios escrito no rótulo. Mas como sempre gosto de deixar claro autodefesa não tem nada a ver com melhor sistema ou não, ela começa com você, com a mudança de atitude perante a vida. Você encarar a responsabilidade de sua segurança, e consequentemente de sua vida, para estar pronto para se proteger assim como seus entes queridos. Na matéria de hoje vou estar abordando sobre a essência da autodefesa: A determinação.

Observação importante: As informações presentes nesta matéria são para o público maior de 18 anos, para fins de conhecimento didático, e treinamento combativo baseado na legítima defesa e estrito comprimento legal que estão em nossa constituição e Código Penal. O uso indevido dessas informações, bem como suas consequências é de responsabilidade única e exclusivamente de quem praticar e desobedecer a lei. Então use o cérebro.



Depois de ler a mensagem acima podem iniciar a leitura do artigo abaixo:





O arqué da autodefesa

Frank Castle, exemplo de determinação: foco, ferocidade e brutalidade. 

Muitos se preocupam e questionam qual seria a arte marcial mais eficiente, mas a verdadeira questão que deveriam buscar a resposta é qual a verdadeira essência da autodefesa? Professores de combate, de manuseio de arma de fogo, combate com lâminas só podem  transmitir ao aluno a parte técnica. Força de vontade, fúria e ferocidade, ou seja a determinação de machucar e vencer o inimigo tem que estar presente no espírito do combatente urbano. Pois um aluno com o espírito extremamente passivo mesmo que busque conhecimento em técnicas de luta, não terá fluidez e não  desenvolverá pois não gosta de machucar e tem medo de sentir dor. O professor não é, e nem deve ser visto como  um mestre, é um profissional que está lhe fornecendo conhecimento técnico de determinado sistema, você é o mestre em sua jornada então deve procurar meios para vencer a sua hoplofobia (medo de ser responsável pela sua proteção).

Dave Grossman em suas obras sempre fala da necessidade da reprogramação mental de um guerreiro urbano, seja  um policial, soldado ou operativo qualquer (leia mais sobre a programação killológica clicando aqui).   Como eu sempre digo quantas pessoas que nunca entraram em nenhuma academia e já arrebentaram milhões de pessoas em brigas de ruas, ou criminosos que já mataram diversas pessoas com facas e armas de fogo. E ao mesmo tempo quantos faixas pretas que apanharam ou morreram nas ruas. Qual a diferença que os faz atingir o objetivo? Não são técnicas milenares, ou lutas famosas é a determinação combativa. 

A determinação combativa é a essência para aumentar suas chances de ser bem-sucedido em se proteger e neutralizar a ameaça. Essa determinação é formada por foco, brutalidade e ferocidade. Ela te dará entre outras coisas foco ao seu treinamento sempre querendo melhorar, arrebentar o saco de treino de tanto socar e chutar. E sempre o impulsionará a buscar novos conhecimento. Estilos de luta, bem como as pessoas que os ensina buscam oferecer uma atividade esportiva na maioria dos casos. E ainda alguns pseudo professores de autodefesa não entendem minimamente sobre área de segurança, como tópicos como: prevenção, desarme de arma de fogo, imobilizar uma pessoa sob efeito de entorpecente, eles apenas passam o conhecimento que tiveram de maneira teórica. 

Voltando a falar sobre determinação combativa, imaginem o seguinte exemplo: uma mãe com seu bebê escuta alguém invadindo a casa e ela é a única coisa que está entre o criminoso e seu bebê, e  ela tem a mão é uma faca. Pode ter certeza que se essa mulher vai se transformar numa fera ensandecida e retalhar tudo o quer aparecer pela frente que ela veja como ameaça. Agora pense em uma pessoa passiva, quantos morrem mesmo portando uma arma de fogo, por ficarem paralisados sem saber o que fazer depois que sacam suas armas. Muitas vezes os agressores tomam suas armas e os matam com elas. Vejam os Spetsnaz, força especial russa, um dos mais poderosos grupos operacionais do mundo. Seus homens são treinados para serem máquinas de matar, suportando temperaturas extremas, dor. No vídeo abaixo verá algumas demonstrações do treinamentos dos Spetsnaz, onde podemos ver um soldado abrindo a própria perna com uma lâmina e depois suturando sozinho. Em outra demonstração é possível ver soldados em treinamento sendo golpeados impiedosamente por seus instrutores ficando com a roupa de treino suja de sangue. Isso os torna objetivos, insensíveis a adversidades, e extremamente focados em cumprir a missão. Como verão nos vídeos abaixo eles não aprendem golpes milenares e nem fazer pirueta no ar, porém a mente deles é totalmente programada no sentido killológico para ignorar qualquer tipo de adversidade e neutralizar o alvo. Agora assista o vídeo abaixo antes de continuar a ler o texto:



Não se iluda, sua mente é sua arma, o resto que seja o estilo combativo mais mortal do mundo, com direito a vários golpes e cortes em órgãos vitais é apenas técnica. Mesmo que você tiver uma AK47 se você foi condicionado psicologicamente a passividade  e moralidade social não conseguirá disparar, ficará apenas segurando ela na frente do inimigo, ao passo que um garfo, ou no caso do personagem Jonh Wick até a porcaria de um lápis podem ser  ferramentas mortais. Então não procure o estilo perfeito, transforme sua mente em uma arma perfeita, o resto são apenas ferramentas a sua disposição.





Conclusão:


Foco, ferocidade e brutalidade são as bases da determinação combativa. Essa determinação fará sempre você ir atrás de técnicas mais eficazes e treinar sempre com foco e força. Não se prenda a mestres, estilos e técnicas, foque em  reprogramar a sua mente para a realidade das ruas. Ai sim você saberá discernir o que é realidade, fantasia, o que funciona ou não, quem é bom instrutor e quem é apenas um mal profissional fazendo você perder tempo. Mesmo os maiores grupos operacionais do Brasil e do mundo tem o treinamento focado para programar a mente com determinação combativas.

Procure estudar killologia para aprender suas tecnicas de reprogramação: anti-fragilidade, clássica e operativa.  Lembre-se você combatente, sobrevivencialista e preparador urbano deve ser o mestre em sua vida, e a sua mente a arma suprema, só assim estará preparado para se proteger e a sua família também, não delegue sua responsabilidade a terceiros. Bons estudos. 



Dúvidas? sugestões? Deixem nos comentários. Se gostaram deem um curtir e compartilhem. E não esqueçam de clicar em um dos anúncios para nos ajudar a continuarmos com nosso trabalho. Muito obrigado.

  

E não esqueça de  visitar nossa biblioteca sobrevivencialista virtual, clicando na imagem abaixo: 


http://centrodeestudomars.blogspot.com.br/p/biblioteca.html


Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

  

Colaboração:

 Dr. David S. 

 

Conheça Também:

Conheça nosso Canal no Youtube:

Conheça nossa página no Facebook:

 

Trailer do Canal:

 

 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...