sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Papo Reto: Cisnes negros, teoria do caos, e lei de Murphy



Muitas vezes nós sobrevivencialistas, preparadores e combatentes urbanos ganhamos rótulo de paranoicos pelas pessoas não praticantes. Certa vez um amigo compartilhou um vídeo que ele tinha conseguido em um grupo de rede social. No vídeo é possível ver um estabelecimento comercial enorme, o setor onde fica guardado os estoques. Nesse vídeo aparece um segurança com um coxão e cobertas. Ele se deita e o vídeo avança ai é possível ver três indivíduos se aproximando dele, um deles com um pedaço de caibro.  E esse com o caibro começa a golpear a cabeça do segurança deitado, que no primeiro golpe é possível ver o seu corpo contrair, depois disso o criminosos continua golpeando ferozmente como se fosse aquele primata do filme 2001, uma odisseia no espaço. Depois é possível vê-los indo em direção as prateleiras do estabelecimento. O fato é que esse evento trágico e hediondo mostra é o quanto muitas pessoas, muitas vezes até mesmo com experiência em área de segurança nunca acredita que de uma hora pra outra a m&rd@ pode bater no ventilador e ir para todo lado.

Isso não se trata só dentro do âmbito de segurança, mas em todas as áreas, a saúde por exemplo: quantos fazem ou se preocupa em fazer um check-up anual? A verdade é que somos doutrinados a trilhar dentro de uma zona de conforto, e para não quebrar esse conforto não devemos nos preocupar, nem mesmo pensar na existência  de possíveis colapsos e cataclismo que possam atingir as nossas vidas. E onde isso nos levou: um país com quase 64.000 homicídios e latrocínios, 60.000 estupros, milhões de roubos por ano. Mas não devemos mencionar assuntos referente a preparação pois se pensar atrai, não é verdade? Não, não é verdade, o universo está em entropia constante, buscando uma singularidade dentro do caos. Mas para termos acesso a essa singularidade temos que estar devidamente preparados e equipados. 


A teoria Voldemort não ajudou muito a galera de Harry Potter.

A Teoria Voldemort: "Se não mencionar o problema ele nunca vai aparecer", nunca deu certo. A segurança pública de São Paulo que o diga, já que era proibido mencionar até alguns anos o nome do PCC na mídia, ou qualquer discurso, e o resultado já sabemos ela se espalhou pelo país todo, dando origem inclusive a vários outros grupos criminosos (Acesse o Confac e verifique quantas facções existem no Brasil atualmente clicando aqui). Viver em negação em relação a possíveis crises, é viajar de carro sem cinto de segurança.

Nassim Nicholas Taleb, autor da teoria do anti frágil (Comentamos sobre essa teoria para ver a matéria clique aqui), mostrou o quanto se pode lucrar em momentos de crise sendo um preparador. Imagine uma crise financeira de níveis estratosféricos, enquanto todos se debatem, você já criou todo um protocolo para essas insurgências, e no final foi o único a ficar de pé no cenário econômico se tornando maior do que todos. Isso que Taleb quis nos mostrar o surgimento de do que ele chama de "cisnes negros" (situações que ninguém consegue prever, mas é possível que aconteça) pode não ser necessariamente ruim, desde que esteja preparado, como já dizia o cientista francês Lois Pasteur: "A sorte favorece a mente bem preparada."


Ser sobrevivencialista é ver a frente, e desfrutar quando o momento chegar, e posteriormente lembrar da sua vitória quando a crise passar. Então meus amigos, não devemos nos importar com o movimento do rebanho, devemos sempre traçar nosso próprio caminho: Semper Fi

Dúvidas? sugestões? Deixem nos comentários. Se gostaram deem um curtir e compartilhem. E não esqueçam de clicar em um dos anúncios para nos ajudar a continuarmos com nosso trabalho. Muito obrigado.

  

E não esqueça de  visitar nossa biblioteca sobrevivencialista virtual, clicando na imagem abaixo: 


http://centrodeestudomars.blogspot.com.br/p/biblioteca.html


Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

  

Colaboração:

 Dr. David S. 

 

Conheça Também:

Conheça nosso Canal no Youtube:

Conheça nossa página no Facebook:

 

Trailer do Canal:

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...