sábado, 5 de janeiro de 2019

Papo Reto: Falta de tempo para treinar autodefesa e outras desculpas


Desculpa  todo mundo tem, afinal desculpa é uma forma de aceitar o fracasso como uma fatalidade e inevitabilidade da vida. Ficar na zona de conforto da preguiça e autocomiseração. Eu lembro de um colega que passou em um concurso público e começou a fazer faculdade de Direito. Fiquei muito feliz por ele, rapaz muito esforçado e sempre ajudou a mãe. Anos depois o encontrei em um evento, imaginei que pelo tempo que havia passado já estaria advogando ou conseguido passar em algum concurso para algum cargo público cobiçado. Mas para meu espanto ele falou que havia parado depois de seis meses de faculdade, ele disse que teve que sair por que não se sentia bem lá.  Perguntei por que, já que na época eu lembrava que estava tão empolgado, falava até em ajudar mais sua família depois de se formar. A resposta que se seguiu foi ainda mais assustadora, ele abaixou o tom da voz como se fosse contar algo que não queria que outros ouvissem: tive que sair, pois não paravam de me olhar, por causa da cor da minha pele, me sentia mal.

Perguntei como ele sabia que  olhavam por preconceito dele ser negro, ele simplesmente disse eu conheço quando as pessoas te olha como inferior. E o mais assustador é que ele estava bem com sua decisão, não pensava em cursar mais nenhum tipo de curso acadêmico. Isso me fez pensar nos discursos vitimistas de luta de classe do marxismo que gera milhões de pessoas que aceitam a própria miséria, ou tenta transforma-la em outra coisa, como no caso da cultura marginal que transforma ignorância e miséria em um jeito descontraído e próprio de viver, um orgulho viver fazer parte da acolhedora comunidade e de lá nunca sair. 

A falta de tempo para treinar autodefesa também é uma desculpa que visa apenas aceitar a preguiça e autopiedade. Já que treinar depois de um dia de jornada de trabalho não é fácil, e muito pior quando se treina sério, já que cansa, machuca, e toma tempo. Eu sempre gosto de falar sobre os cisnes negros (eventos que mesmo que sejam improváveis de acontecer podem acontecer), e como eles podem marcar sua vida para sempre, e geralmente para pior quando  não está preparado para ele. Se você não se considera uma ovelha pare de agir como uma. Não tem academia em sua área, então compre um saco de treino para treinar socos. Não tem dinheiro para comprar um saco de treino faça a silhueta de um homem em uma tábua e marque os pontos vitais, e depois treine fazendo movimentos rápidos com uma faca por esses pontos, e tente acerta-los cada vez mais rápidos. Vinte cinco minutos por desse pequeno treino pode não ser muita coisa, mas lhe dará pelo menos um bom reflexo e ataque instintivo a pontos vitais como artérias, órgãos entre outros, articulações entre outros. Vinte e cinco minutos quando chegar em casa depois do trabalho antes de tomar banho não irá  comprometer o tempo com sua família e ou de descanso. O filosofo alemão Friedrich Nietzsche em sua obra "A Genealogia da moral", aborda justamente isso. O quanto são dissimulados os fracos, já que são covardes demais para sair e conquistar o mundo, então constroem um mundo ideal em suas mentes e força essa sua verdade contra o mundo.

A hoplofobia funciona justamente é assim, se cria inúmeras desculpas e discursos morais que transformam a sua covardia em virtude, assim vemos frases como: Não treino luta por que sou da paz, ou não tenho que saber usar arma, é obrigação do governo  me proteger. Vivem a ilusão utópica de que uma pessoa jurídica vai afastar os males de seu lar, para aceitar o seu desleixo. Em um cenário que só em só em 2017 houve  63.880 homicídios e latrocínios, e  60.000 estupros, isso sem somar os milhares casos de desaparecimentos, morte a esclarecer, encontro de cadáver que não entram nas estatísticas de homicídio, isso é uma roleta russa. Nós sobrevivencialistas, combatentes e preparadores urbanos não devemos ter autopiedade querendo nos poupar, pois como sabemos os lobos não irá nos poupar, e nem nossas família. Então pare de inventar desculpar e tire meia horinha por você todo dia, depois de um mês de pequenos treinos você sentira algum resultado. 

Dúvidas? sugestões? Deixem nos comentários. Se gostaram deem um curtir e compartilhem. E não esqueçam de clicar em um dos anúncios para nos ajudar a continuarmos com nosso trabalho. Muito obrigado.

  

E não esqueça de  visitar nossa biblioteca sobrevivencialista virtual, clicando na imagem abaixo: 


http://centrodeestudomars.blogspot.com.br/p/biblioteca.html


Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

  

Colaboração:

 Dr. David S. 

 

Conheça Também:

Conheça nosso Canal no Youtube:

Conheça nossa página no Facebook:

 

Trailer do Canal:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...