quinta-feira, 28 de março de 2019

Combate com lâminas: Como espalhar as vísceras de seus inimigos - Parte 2



Na primeira parte desta matéria falei sobre a importância da conscientização sobre o que você sabe o que de fato terá que fazer caso seja necessário em um cenário extremo utilizar a sua lâmina e se caso você saiba se de fato é capaz de violência estrema. Agora vamos as principais dicas que precisa conhecer antes das técnicas de combate.


 Dicas antes de aprender a rasgar barrigas


Vamos para o que você deve ou não fazer em relação a combate com facas:

Escolha  ferramentas:

Facas dobráveis: Apesar de serem ótimas para ocultar,  portar e fazer trabalhos manuais, são péssimas como ferramenta de autodefesa. Como já disse em outro artigo as melhores lâminas para combate são fulltang, devido a sua resistência e integridade da peça. O canivete representa o extremo oposto, depois da lâmina você observa toda uma estrutura com molas, parafusos e arrebites que com um simples impacto mais forte se desfaz voando peças para todo lado. Agora imagine um cenário brutal, o canivete não tem muito a te ajudar. Como disse canivetes são ótimas ferramentas para te ajudar em pequenos serviços no dia a dia, e fazer parte do seu EDC mas não como ferramenta de combate.
 
Backup: Sempre tenha em mãos uma Backup, e se possível backup do backup, ou seja uma terceira lâmina oculta em algum lugar estratégico ( uma pequena lâmina no bolso interno da jaqueta, escondido na fivela do cinto, palmilha do sapato...).

Se preparar para dor:


Como disse acima, em uma luta real pode haver mutilação, perda de órgãos e muito sangue. Imagine você em um combate pela  sua vida ou de seus entes queridos e no meio da luta você tem um dos dedos amputado ou o olho furado. Você vai parar pra fazer curativo? Acho que não.  Mesmo cortes ou perfurações superficiais nos dedos, braços ou dedos podem resultar em muito sangramento. Se você é escrupuloso com a visão de sangue (especialmente o seu), então você está mais suscetível a entrar em choque depois de alguns segundos. Qualquer um que chegar até você com uma faca não hesitará em cortar qualquer parte de você. Eles terão prazer em cortar "alvos de oportunidade", como seu rosto, mãos ou braços. Quanto mais cortes você fizer, mais sangrará e quanto mais ficar por perto, maiores serão suas chances de matá-lo. Os cortes podem parecer piores do que são. Se você for cortado, não entre em pânico. Morrer de perda de sangue ou infecção leva tempo, e os cortes ou punhaladas que você sustenta só são sérios se atingirem um grande vaso sanguíneo. Posteriormente após o embate, pegue o dedo amputado coloque em um recipiente no gelo e vá para o pronto socorro

Nunca subestime seu adversário

Mesmo um atacante inexperiente e desajeitado pode derrubá-lo com um golpe de sorte. Além disso, um atacante que está bêbado ou drogado pode ser tão mortal quanto um profissional sóbrio. Trate todos os atacantes como ameaças sérias.



É selvagem

Ataques de facas não são nada como nos filmes em que o cara com a faca corta ou apunhala a vítima uma vez, depois sai. Na rua geralmente um portador de facas pode fazer várias punhaladas ou cortes em sua vítima, e então deixá-las sangrar até a morte. Você pode encontrar vídeos gráficos de ataques de faca on-line, em que o atacante emprega o estilo “máquina de costura” de esfaquear repetidamente suas vítimas de diferentes ângulos e em diferentes partes do corpo. E ainda  você pode ser atacado por mais de um atacante. Lembre-se de que seu atacante não lutará de forma justa. Um atacante que brande faca raramente corta ou apunhala suas vítimas apenas uma vez. Para efeito letal máximo, eles terão como objetivo fazer vários cortes ou golpes, ou combinações de ambos. Atacantes podem até perfurar ou chutar em combinação para imobilizar suas vítimas.

Anatomia humana: Os detentores de facas que estudaram a anatomia humana também saberão quais partes do corpo devem atingir. As pernas são direcionadas devido ao seu tamanho e as vítimas com ferimentos nas pernas tendem a sangrar mais rapidamente. A área abdominal é outra favorita, pois é um alvo fácil e grande, com uma boa chance de perfurar órgãos como os intestinos, estômago, fígado e baço. As áreas do pescoço / garganta também são alvos preferidos. Ao cortar o pescoço ou a garganta, a vítima pode morrer rapidamente de sangue e / ou perda de oxigênio, dependendo da localização e gravidade do corte. (Leia nosso texto sobre pontos fatais clicando aqui).



Evitar é sempre a melhor tática

Não há vencedores quando se trata da maioria dos confrontos com facas.     "Na maioria das lutas com facas há dois resultados, um lutador vai para o hospital enquanto o outro vai para o necrotério". A primeira coisa que você precisa saber é que evitar é a melhor defesa. A consciência situacional é sua primeira linha de defesa. Quando estiver em uma área desconhecida, não ande em áreas isoladas, especialmente se estiver sozinho. Esteja ciente do seu entorno. Você nunca sabe o que se esconde na esquina. Se você suspeitar que está prestes a ser atacado, corra. Coloque o máximo de distância e obstáculos entre você e seu atacante. Se houver outras pessoas por perto, lembre-se de que há segurança nos números. Faça barulho para atrair a atenção e, ao mesmo tempo, corra do atacante. 



Evite estilos que usem movimentos de ataques e defesa pré definidos
 
Combate na vida real é caótico e não tem qualquer padrão, então evite treinar estilos de lutas  com base em movimentos pré ordenados coreografados  e formas como fazem os estilos tradicionais, procure estilos que tenha tanto a parte teórico como a prática, com  o objetivo de neutralizar o inimigo. Ataques de facas não são nada como nos filmes em que o cara com a faca corta ou apunhala a vítima uma vez, depois sai.



Na próxima página vamos mostrar qual a melhor forma de montar seu treino, com exercícios para  prepara-lo para o combate extremo com lâminas.



http://www.centrodeestudomars.com/2019/03/combate-com-laminas-como-espalhar-as_75.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...