quinta-feira, 28 de março de 2019

Combate com lâminas: Como espalhar as vísceras de seus inimigos - Parte 1


Lâminas são facilmente ocultáveis, muitas vezes você não os vê até que seja tarde demais, por isso a vantagem tática dessa excelente ferramenta. Hoje nesse artigo vamos abordar sobre como tornar mais eficiente o seu treino, com dicas para implementar no seu treino deixando ele mais   realista. 


Observação importante: As informações presentes nesta matéria são para o público maior de 18 anos, para fins de conhecimento didático, e treinamento combativo baseado na legítima defesa e estrito comprimento legal que estão em nossa constituição e Código Penal. O uso indevido dessas informações, bem como suas consequências é de responsabilidade única e exclusivamente de quem praticar e desobedecer a lei. Então use o cérebro.







Depois de ler a mensagem acima podem iniciar a leitura do artigo abaixo:






Introdução ao combate extremo 


Muitos idiotas em fóruns e grupos redes sociais  de autodefesa e sobrevivencialismo falam a velha frase: depois que inventaram a pólvora treinamento acabou o motivo de se treinar combate ou faca. Porém um combatente urbano sabe que a verdadeira preparação de autodefesa aborda todas as situações possíveis e imagináveis. Tanto com arma de fogo como com objetos improvisados. Afinal armas falham, acabam munição, ou podem cair em meio a um combate. Ou mesmo terá lugares onde não é permitido estar portando arma de fogo. Dito isso conhecemos muitas histórias de guerra  sobre o valor de sermos proficientes com uma arma afiada. Não só foi válida na guerra de trincheiras durante a Primeira Guerra Mundial, como também foi utilizada pelas forças especiais modernas que combatem o terrorismo.  

 Matar ou ser morto, você já pensou realmente sobre o assunto em suas preparações?
Lâminas são ótimas equalizadores de força. Te da ampla vantagem em relação a tamanho, peso, quantidade de atacantes. A lâmina utilizada em um a situação de crise com a devida determinação: com muita ferocidade, brutalidade e expressão primal pura é sem dúvida um pesadelo contra os inimigos. Porém como já dissemos em outras postagens antes de se preocupar qual arte marcial procurar para praticar, que vai lhe oferecer técnicas, você tem que fazer uma autocritica e se perguntar o que é autodefesa para você e o que está disposto a fazer para proteger o que lhe é mais precioso. Seja sua resposta a vida, seus familiares, seu patrimônio ou tudo,  o que você espera de um confronto, tem uma ideia de que em um cenário de combate extremo tudo pode acontecer? Dor, amputação, perda de órgãos, muito sangue esguichando são coisas que podem acontecer em uma luta real. 


Curso de autodefesa não é um programa que você instala no seu cérebro que vai lhe tirar de qualquer situação, contra qualquer adversário não importando a quantidade ou força desse. Cursos são apenas tecnicas que você irá aprender. Quem tem que ter capacidade critica de analisar a situação de crise e se de fato a tecnica pode funcionar é você, e mesmo se funcionar você está disposto a fazer o que for preciso? Depois dessa auto analise sobre o que espera ver em um combate real, se você ainda quiser seguir com preparação para ser um combatente urbano vem a segunda parte não menos importante, e que na verdade será a base para a sua preparação no cenário extremo: a reprogramação mental. Afinal, nossa sociedade ensina que a violência  é uma coisa reprovável, quando na verdade a violência não se restringe a questões morais, é apenas a expressão física de nossa força a algum estimulo externo. Então mesmo que você tenha consciência do que quer aprender e fazer ainda corre o risco do sua mente te trair no momento da crise e você travar devido toda a programação anti violência que você teve a vida toda (dos seus pais, da igreja, professores). Você pode nem nunca ter pensado sobre o assunto, ou cogitado a necessidade de pensar sobre isso, porém os predadores urbanos matam sem pensar.


Antes de mais nada devemos quebrar esses entraves morais em nossas mentes e nos reprogramarmos para fazer o que for necessário em um cenário extremo, uma vez que é isso que nos interessa em um cenário real. Então a segunda pergunta e seja honesto, afinal isso vai fazer diferença se você quer mesmo praticar uma autodefesa real: Você é capaz de matar? (Leia o artigo que escrevemos sobre reprogramação mental para matar clicando aqui).

 
Assim sendo, sempre gosto de frisar nos artigos referente sobre autodefesa apesar de ser muito importante sempre aprendermos tecnicas novas nada adiantará se você não seguir a pirâmide de autodefesa acima. Sendo a base da pirâmide a determinação, que pode ser traduzida como ferocidade, brutalidade, primitivismo para causar o máximo de ferimento no seu oponente não se importando com medo ou dor. A segunda parte da pirâmide são as técnicas, conhecimento combativo, anatomia humana entre outras coisas que melhorarão a forma de você causar danos em seu inimigo. E por último a prática no topo da pirâmide, sem prática não tem como tornar a parte tecnica em ação reflexa, não haverá memória neuromuscular para responder aos ataques. Por isso que a maioria das artes marciais tradicionais não funcionam pois se perdem em centenas de formas com um mínimo de efetividade e contato físico. Ferir outra pessoa para muitos é uma atitude inimaginável e reprovável, mas se você assumiu um compromisso consigo de praticar autodefesa de maneira séria então você esta simplesmente aprendendo a se tornar mais apto a machucar outra pessoa para salvar a sua vida e de sua família, então como disse acima sobre a base: Primitivismo, brutalidade, ferocidade. 

 
Se você ainda assim tem problemas em tirar sangue ou fazer um rasgo no oponente e ver sua vísceras esparramarem você tem duas escolhas: Ou procure fazer reprogramação mental por meio do estudo e pratica da Killologia (Clique aqui para navegar em nosso menu sobre clicando aqui killologia), ou desiste  de fazer autodefesa pois não é pra você, e contrate guarda costas para te proteger e a sua família. Prefiro falar isso diretamente para você para que fique vivo, do que ficar na área de conforto do politicamente correto e você entrar em um estilo de luta tradicional cheio de filosofia bonita anti violência e esoterismo e acabar morto como muitos. Dito isso vamos na próxima página para a preparação necessária para treinamento prático para o combate com lâminas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...