quinta-feira, 28 de março de 2019

Metralhadora Vector TDI: A americana nascida para o combate urbano - Parte 2


 Na primeira postagem sobre essa matéria conhecemos um pouco sobre o desenvolvimento da metralhadora  Vector, agora na segunda parte vamos conhecer mais sobre sua estrutura e funcionamento.



Anatomia e funcionamento



Tipo: Submetralhadora , carabina civil 

 Lugar de origem:  Estados Unidos 

 Projetado: 2006 

 Fabricante: KRISS USA, Inc. 

 Produzido: 2009 – presente 

 Peso: 6 lb (2,7 kg) (SMG, SBR)
           3,2 kg (7 lb) (CRB) 

 Comprimento:
 24,3 pol (620 mm) (SMG, SBR)
 16 in (410 mm) c / estoques dobrados
 34,8 pol (880 mm) (CRB)
 26,5 pol. (670 mm) com estojo dobrado 

 Comprimento do cano:
 5,5 pol (140 mm) (SMG, SBR, SDP)
 6,5 pol (170 mm) (opcional para SMG, SBR, SDP Gen II)
 16 in (410 mm) (CRB)
 18,6 pol (470 mm) (CRB, versão canadense) 



 Cartucho: Parabellum 9 × 19mm , .45 ACP , .40 S & W , 9 × 21 mm , 10 mm Auto , .357 SIG 

 Açao: Blowback atrasado , parafuso fechado 

 Taxa de tiro: 
 Protótipo: 1.500 RPM
 SMG de vetor: 1.200 RPM [2]
 Modelos civis: apenas semi-auto 

Alcance de disparo efetivo: 55 metros (50 metros);  70 jardas (64 metros) com cano de 16 polegadas. 

Sistema de alimentação: Parabelo de 9 × 19mm: compartimento destacável de 10, 17, 19 ou 33 poltronas.45 ACP: magazine de caixa destacável de 10 ou 13 ~ 25-round com extensão opcional "MagEx 25+" (anteriormente MagEx 30)




O que torna o Vector único no mundo das armas de pequeno porte é o uso do sistema de absorção de recuo KRISS Super V System (KSVS). Metralhadoras tradicionais confiaram em um método de absorção de recuo que sempre incluiu o corpo do operador, particularmente a região dos ombros, para ajudar a preparar a arma.  Isto, indubitavelmente, levaria a resultados variáveis ​​na precisão e a redução da subida do cano se tornaria dependente do próprio operador e poderia levar ao reajuste da mira e reposicionamento da arma durante os períodos de fogo sustentado - seja em rajadas ou em funções de fogo totalmente automáticas, onde precisão é sempre desejada.  Por outro lado, utiliza seu perfil em linha como um meio de manter uma linha reta entre ação de arma e operador para ajudar a disparar mais tiros contra um alvo de forma repetida.

  
O Vector faz uso da operação de disparo de Blowback com Atraso e é reservado para disparar o cartucho .45 ACP ou .40 S & W dependendo do modelo.  Externamente, o Vetor assume uma forma bastante distinta e futurista.  A unidade de gatilho e o punho de pistola integrado estão colocados na parte traseira como em qualquer arma de fogo convencional.  Os principais componentes de trabalho, no entanto, estão todos situados na parte inferior dianteira do receptor, incluindo o cano.  A arma é convencionalmente alimentada por meio de uma magazine de caixa destacável de treze tiros, mas uma versão  estendida de trinta tiros está disponível como uma opção.  As miras consistem em uma instalação dianteira e traseira de ferro virado para cima e uma base MIL-STD-1913 Picatinny rail parece padrão na parte superior do receptor (bem como uma área de trilho mais curta abaixo e para frente) para o uso de óptica e acessórios especializados (punho vertical para frente, lanterna, etc ...). 


 A KRISS anunciou versões "Gen II" dos modelos Vector originais em 2015. Elas apresentam um punho de pistola redesenhado, gatilho, seletor de segurança e compatibilidade com um novo 9x19mm inferior.  Estes parecem ter substituído os protótipos K10, embora nenhum recurso do K10 tenha sido transportado.  Uma vista do lado direito de um Vector CRB com o estoque dobrado. O Vetor usa um mecanismo articulado chamado "KRISS Super V", que permite que o parafuso e um bloco de inércia se movam para baixo em um espaço atrás da magazine.  A teoria é que, no final deste curso, a energia é transmitida para baixo, em vez de para trás, reduzindo assim o recuo de feltro.  Quando disparado, o eixo do cano está alinhado com o ombro como no rifle M16 , mas também alinhado com a mão do atirador.  Isso se destina a reduzir a subida do cano quando combinado com o deslocamento do parafuso fora do eixo, embora também aumente a linha de visão em comparação com o eixo do furo.  O modelo inicial de protótipo da TDI obteve uma taxa de fogo de 1.500 tiros por minuto (RPM), embora isso tenha sido reduzido para cerca de 1.200 tiros por minuto (RPM) nos modelos de produção. 


O Vetor é dividido em dois conjuntos principais de maneira similar ao rifle AR-15 , preso com quatro pinos.  Devido ao layout incomum da arma, a parte inferior contém a ação, a alça de carga, o compartimento e o barril, enquanto a parte superior contém a porta de ejeção, o sistema de trilhos, a pistola e os componentes de controle de incêndio, bem como o estoque para configurações que possuem um.  Esse design modular permite conversões de calibre sem ferramentas, trocando apenas as mais baixas.  A segurança do Vetor é ambidestro (assim como o seletor do modo de disparo no pacote de disparo automático) enquanto a porta de ejeção, a alça de carregamento, a trava de liberação do parafuso e a liberação do magazine não estão disponíveis, e estão disponíveis apenas na configuração destra. 


 Calibres como .22 LR, .40 SW e 9 × 19mm Parabellum foram mencionados quando a arma foi solta pela primeira vez.  As versões Gen II com várias mudanças de design, incluindo uma nova variante de 9 mm, foram confirmadas no SHOT Show 2015, embora a versão .22LR ainda não tenha sido concretizada e provavelmente tenha sido cancelada.  O original .45-calibre Vector foi projetado para aceitar revistas de pistola Glock 21 padrão.  Um kit especial "MagEx 30" estava disponível para converter um magazine .45 ACP Glock de 13 rodadas de fábrica em uma versão estendida de alta capacidade, embora agora seja comercializado como um kit redondo de "25+".  As novas versões 9 × 19mm Parabellum usam as magazines padrão Glock 17. 

 
Na próxima página, na terceira parte da matéria vamos conhecer as variações e novos modelos baseados nesta americana incrível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...