sábado, 23 de março de 2019

Sobrevivencialismo Urbano: Moralidade dos fracos, meninos e armas



Sempre vemos discussões e teorias absurdas sobre a exposição das crianças a violência. Principalmente quando acontecem alguma tragédia  igual a recente chacina em Suzano, onde dois garotos invadiram a escola e mataram dez pessoas e se mataram posteriormente. ONGs e grupos desarmamentistas não perdem tempo para propagar suas ideologias contra violência.

Nessa postagem vamos pontuar a importância da violência para a sociedade e formação do caráter dos jovens, ao contrário da crueldade que nada mais é que arma dos fracos e disseminadores do medo.

Vítimas dos assassinos em massa na escola em Suzano.




Observação importante: As informações presentes nesta matéria são para o público maior de 18 anos, para fins de conhecimento didático, e treinamento combativo baseado na legítima defesa e estrito comprimento legal que estão em nossa constituição e Código Penal. O uso indevido dessas informações, bem como suas consequências é de responsabilidade única e exclusivamente de quem praticar e desobedecer a lei. Então use o cérebro.




Depois de ler a mensagem acima podem iniciar a leitura do artigo abaixo:








Violência nos Genes 



A violência como já havia falado em outra postagem  é a forma de externarmos nossa determinação na rua, nos expressando por meio de nossa brutalidade e ferocidade primitiva. Sendo violência nada mais é do que  a exibição do poder físico destrutivo, ela transcende a moralidade. Diferente da crueldade cujo objetivo é o sofrimento do inocente. 

A violência é vista com repulsa pela maioria da sociedade, isso por que ela se afastou e muito por de sua origem primal. a violência em sim é amoral. ela está além do bem, mal e qualquer outros valores. Porém a crueldade é o uso da violência para uso imoral, atos de covardia que visam agir de forma arbitraria a vida das outras pessoas. 

Crueldade: Garoto batendo em menino cego em uma escola americana.

A violência nas mãos certas e utilizada da maneira correta nos protegem e nos fortalecem, é a forma de nos expressar nossa força perante o mundo. Através da violência temos forças de segurança (Forças armadas, policiais), comida ( carne, roupas), esporte (boxe, MMA, Muay tai, Jiu Jitsu entre outros) entretenimento (filmes de ação, terror entre outros). A violência quando nos é negada se torna perigosa podendo explodir a qualquer momento e até mesmo nos autodestruir. Essa pulsão destrutiva, definida na psicanálise como thanatus e pelo filósofo alemão Nietzsche como dionisiana, é que fez o homem derrubar fronteiras e desbravar o desconhecido. As grandes navegações, a conquista do espaço tudo isso devido a nossa vontade de poder. O homem guerreiro transforma o mundo, o homem fraco tenta modificar o mundo a sua semelhança: Corrupto, afeminado, covarde, e disseminar todo tipo de medo e a forma que fazem isso. Querer afeminar o instinto primal de autodefesa e conquista como fez a igreja católica na Idade Média com a Santa Inquisição.

A vontade de poder descrita por Nietzsche é a principal força motriz em seres humanos, são a realização, ambição e esforço para alcançar a posição mais alta possível na vida. Não é a toa que na índia a destruição e a criação são duas faces da mesma entidade uma vez que o equilíbrio entre essas duas forças são o alcance do poder absoluto.

As forças de segurança utilizam a violência para proteger e servir a sociedade.


Assassinos em Massa

2011, o empresário norueguês Anders Behring Breivik entrou  um acampamento de jovens do Partido dos Trabalhadores na ilha de Utoya, na Noruega, e matou 69 pessoas.


Segundo pesquisas  a característica mais óbvia dos assassinos em massa é a crença de que foram enganados, ou traídos,  por instituições, governos empresas, familiares... existindo Sendo a paranoia  característica mais principal associada a uma insatisfação constante, querem morrer e levar várias pessoas com ele.


Theodore John Kaczynski na imagem acima, conhecido como Unabomber, é um terrorista americano, ex-professor de matemática. Um verdadeiro prodígio da matemática abandonou uma carreira acadêmica em 1969 para buscar um estilo de vida primitivo. Entre 1978 e 1995, ele matou três pessoas e feriu outras 23 em uma tentativa de iniciar uma revolução conduzindo uma campanha nacional de bombardeio direcionada a pessoas envolvidas com tecnologia moderna. Em conjunto, ele emitiu uma crítica social que se opunha à industrialização e ao avanço de uma forma de anarquismo centrada na natureza. Abaixo poderá ver o massacre ocorrido a poucas semanas por outro assassino em massa.











Apesar das inúmeras explicação da mídia para atos tão repugnantes como bullying, fanatismo religioso, vídeo games, filmes de terror, a grande verdade é que essas pessoas cometeram tais atos por sua inadequação e consequente desequilibro psicológico. As suas energias destrutivas/construtivas não foram desenvolvidas e expandidas adequadamente, fazendo com que ela se voltasse contra o individuo o destruindo e levando outras pessoas com elas.

O norte-americano James Holmes, considerado culpado por matar 12 pessoas em uma sessão de cinema.
 
As armas, games, filmes violentos não são causadores desse tipo de violência, e sim a hipocrisia social nascida de grupos e ONGS vitimistas e desarmamentistas que buscam cada vez mais apagar o traço mais marcante do homem, que é transformar o seu meio com sua força de criação e destruição. Disseminadores do medo e da fraqueza como a hoplofobia ( medo de ser responsável pela própria segurança. A violência nunca nos deixará, ficará apenas represada explodindo e levando várias pessoas. Por isso devemos incentivar nossos filhos a praticar esportes competitivos, praticar artes marciais e buscar metas, pois isso tanto o transformará em um cidadão útil e colaborador na sociedade, como também o fará uma pessoa saudável e segura.


Uma explosão no metrô de São Petersburgo, na Rússia, deixou ao menos 11 mortos e 45 feridos.




Dúvidas? sugestões? Deixem nos comentários. Se gostaram deem um curtir e compartilhem. E não esqueçam de clicar em um dos anúncios para nos ajudar a continuarmos com nosso trabalho. Muito obrigado.




E não esqueça de  visitar nossa biblioteca sobrevivencialista virtual, clicando na imagem abaixo: 



http://centrodeestudomars.blogspot.com.br/p/biblioteca.html



Prof. Marcos Antônio Ribeiro dos Santos

  

Colaboração:

 Dr. David S. 

 

Conheça Também:

Conheça nosso Canal no Youtube:

Conheça nossa página no Facebook:

 

Trailer do Canal:

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...